segunda-feira, 28 de maio de 2012

A SENSAÇÃO EXAGERADA DO SENSACIONALISMO

“Dê certo, decerto o acerto certeiro” – (Gudé)
Por José Eugênio Maciel

“Todos sabem, a galinha quando acaba de botar ovo ela canta muito.
Confesso não saber se a alegria que a leva cantar é pelo ovo
em si, ou por estar aliviada dado ao esforço hercúleo
que teve que fazer”.
Estive Nólocal (b.d.C)
        O sensacionalismo dos meios de comunicação está tão arraigado que parece ser corriqueiro,  manchetes caracterizarem tal prática. Jornalistas alegam que grande parte do público aprecia – e só conseguem compreender – quando o conteúdo dos fatos é noticiado como um espetáculo, mesmo que grosseiro.       O sensacionalismo nem sempre está explicitamente nas manchetes, ocorre a conta gotas, a cada momento quando a notícia é dada.
         As redes televisivas estão proporcionando ampla divulgação quanto ao acidente e o quadro médico do cantor Pedro Leonardo, 24 anos, filho do também cantor sertanejo Leonardo, jornais das emissoras das nacionais entram ao vivo em todos os noticiários. É fácil constatar que a importância está ligada ao fato de ser o rapaz filho de Leonardo. Mesmo filho de uma pessoa famosa, o exagero é grande, dado ao tempo em minutos consumido para a divulgação. É estúpido tamanho estardalhaço.
         Não se trata de não divulgar o fato, mas o sensacionalismo contribui para a alienação, escamoteando realidades que precisaríamos não só de saber, e sim com a importância devida, haja vista o desconhecimento mínimo que muitos brasileiros têm sobre os seus próprios direitos, embora eles saibam das fofocas do chamado mundo das celebridades, aliás, tantas vezes sem celebridades.
         Encerrar o assunto é não ter que se estender a tamanha mediocridade em torno de uma figura que até agora em nada contribuiu para a música do Brasil, quanto mais para a cultura, é apenas o filho de alguém famoso, ambos vazios em si mesmos.        

3 comentários:

Anônimo disse...

isto é inveja, queria que fosse o alvo das atenções!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anônimo disse...

Isto chama-se inveja, queria qu fosse vc o alvo das atenções... Vai ser famoso!!!!!!!!!!!!!!!

Juma Durski disse...

Maciel, Parabéns. O cara é famoso porque brasileiros não conhecem música. São arraigados à cultura da televisão. Vazios. Adoram o gênero "Sertanojo"e quem foi contra sua opinião certamente nada entende de música. Ainda assina como anônimo, é mais fácil que escrever o nome. Pois o português é horrível.