sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

SAUDADES, UM ANO SEM DONA ODETE

"Aqueles que amamos nunca morrem, apenas partem antes de nós."

Um ano se passou, mas as boas lembranças da ilustre pioneira Odete Dala Rosa Silva, guardaremos com a gente para o resto de nossas vidas, com muitas saudades, pois ela faz parte de um passado feliz, acompanhando o progresso e o desenvolvimento de Campo Mourão, prestando sua modesta contribuição.

Saudade... quem não tem? A saudade não tem tradução mas, a verdade da saudade é o amor!

Quando entes queridos partem, choramos...

"Quando a saudade é demais, não cabe no peito: escorre pelos olhos."

As lágrimas, elas têm a pretensão de traduzir o que a razão humana não sabe dizer (ou escrever) sobre a saudade.

E a saudade, lembrança de quem já foi para a eternidade... é uma ausência tão cheia de presença!

Um comentário:

Juma Durski disse...

Obrigado amigo. Estou sem mais palavras.......