sexta-feira, 27 de maio de 2011

AVELINO PIACENTINI - UMA HISTÓRIA

Acontece hoje, em Campo Mourão, o lançamento do livro “Avelino Piacentini – Uma História”, de autoria da escritora e membro da Academia Mourãoense de Letras Ester de Abreu Piacentini (foto), que foi empossada na AML em junho de 2010.

Ester comenta sobre o livro e a história de Avelino Piacentini, sua vinda para Campo Mourão e sua atuação em diversas áreas de atividades no Município:

A ideia de registrar a história foi do filho Nilmar Piacentini e o objetivo foi o de deixar gravado em páginas algo que perpetue a memória do saudoso pai.
Avelino Piacentini é filho de imigrantes italianos, vindos da região de Toscana, que em 1891 radicaram-se em Mussum/RS, região que lembrava a Itália, pelas paisagens e o clima, com o sonho de se tornarem prósperos em terras brasileiras. Em 1951, ele chegou em Campo Mourão, incentivado pelos amigos Fioravante João Ferri e Ivo Mário Trombini, e iniciou seu trabalho no ramo da gastronomia, com a Churrascaria Marabá.
Ele foi um homem sonhador, estrategista e empreendedor para a época que chegou a cidade. Atuou no ramo de madeiras sendo sócio com a Família Ferrari, na Madeireira Cima, no ramo de entretenimento na sociedade no Cine Plaza, na gastronomia com o restaurante Plaza).

Também foi delegado, na década de 60.

Amante dos bastidores da política incentivou os amigos e com eles trabalhou em pleitos eleitorais.

União 1961-Osvaldo B Wronski, Nelson Guimarães Monteiro, Getulio Ferrari, AVELINO PIACENTINI, Aroldo Tissot, ?, Alcyr Costa Schen (foto acervo PVeiga).

Amante do esporte, foi fundador e presidente do União Futebol Clube. Também foi o idealizador do Hotel Piacentini e proprietário da Churrascaria Piacentini, seu último empreendimento.
Gostaria de destacar em Avelino Piacentini a sua benevolência, capacidade de sonhar e a determinação na educação dos filhos, deixando como legado a honestidade e a ética. Ele faleceu em 4 de julho de 1988.
Escrever esta história foi gratificante. Descobri um homem sonhador, guerreiro, empreendedor, austero e firme, mas cuidadoso com a família. Seu principal sonho foi o de educar os seis filhos, com caráter firme, espírito empreendedor, para que todos tivessem formação universitária e não só sonhassem, mas conquistassem uma vida melhor. A atualidade mostra que conseguiu, um ícone para aqueles que tiveram a oportunidade ter o seu convívio.

Augustinho Vecchi, Diogenes Teodoro de Oliveira, Pedro da Veiga e AVELINO PIACENTINI, no Restaurante do Hotel Piacentini (foto acervo PVeiga)

3 comentários:

Anatoli. disse...

Parabéns a Ester Piacentini pela iniciativa de perpetuar a memória e as realizações de Avelino Piacentini, seguindo um velho preceito: "Honrar pai e mãe", e os cuprimentos ao Amigo de longas décadas, Pedro da Veiga, pelo destaque.
Sucesso no lançamento de tão importante obra para a história do Município de Campo Mourão! Que os jovens mourãoenses sigam os exemplos dos pioneiros.

Anônimo disse...

Para nós que conhecemos o Sr. Avelino Piacentini, cumprimentamos a amiga Ester pela feliz iniciativa de escrever sobre ele. Pessoa alegre, culta, amiga,grande merecedor dessa homenagem.
Professor Joani e Dircelia Teixeira.

Juma Durski disse...

Parabéns Pedro. Certamente Dona Lourdes e sua prole ficarão emocionados e felizes. Avelino foi exemplo de hombridade, caráter e exemplo de vida! Sou feliz em ter sido amigo dele, e de sua família.
Abraço do Juma