sábado, 5 de fevereiro de 2011

ERA UMA VEZ...

É impressionante como os petistas tentam re-escrever a história nacional. A historia deixa de ser lida pelos fatos, mas INTERPRETADA de acordo com interesses partidários e suas devidas estratégias de DOUTRINAÇÃO para uma covarde dominação de mentes. Assim o clássico " Era uma vez" foi substituído pelo termo 'Nunca antes neste país"
Só quem tenta recriar a realidade são as crianças e os loucos. As crianças de forma natural, através do pensamento mágico, pré-racional. E os loucos em seus delírios de grandeza, perseguitórios etc....
Para os criadores de fábulas, o país está maravilhoso. Não foi LULA quem disse que nosso SISTEMA DE SAÚDE ERA PERFEITO E DEVÍAMOS EXPORTÁ-LO PARA OS EUA. Não foi dona DILMA quem falou que nosso SISTEMA DE SEGURANÇA era "quase" maravilhoso.
O escritor George Orwell, na distopia 1984, chamou de "duplipensar" a técnica totalitária de doutrinação:
"Usar a lógica contra a lógica, repudiar a moralidade em nome da moralidade, crer na impossibilidade da democracia e que o Partido era o guardião da democracia; esquecer tudo quanto fosse necessário esquecer, trazê-lo à memória prontamente no momento preciso, e depois torná-lo a esquecer; e acima de tudo, aplicar o próprio processo ao processo. Essa era a sutileza derradeira: induzir conscientemente a inconsciência, e então, tornar-se inconsciente do ato de hipnose que se acabava de realizar. Até para compreender a palavra "duplipensar" era necessário usar o duplipensar".

Na obra, o Big Brother, usando desse artifício, dizia: "Guerra é paz. L'iberdade é escravidão. Ignorância é força". No Brasil, nossos progressistas complementam: "Censura é liberdade de expressão"

DEPOIS DESSA - "SOMENTE A FRASE DA SEMANA"

"Se a Amazônia é o pulmão do Mundo, Brasília é o intestino grosso"

Fonte: Graça no país das maravilhas.

Um comentário:

Juma Durski disse...

Ótima a frase final sobre Brasilia. Postarei no meu blog!